sábado, 18 de fevereiro de 2012

"Muito bem, servo bom e fiel!" Mateus 25:21




Enquanto esteve aqui na Terra, Jesus serviu de modelo para o conceito de servidão. Essa é uma das maiores lições que Ele queria que seus discípulos aprendessem. Deus exige que cada um dos Seus servos aprendam e pratiquem esse conceito, caso contrário, nunca poderão progredir ou crescer no Reino de Deus. Não importa o quanto rico ou importante você se torne, SEMPRE terá de servir.

O conceito de servir é tão importante para Deus que Jesus falou muito sobre isso, Ele também se tornou servo. O Deus infinito, todo-poderoso, onisciente e capaz de criar todo o universo, teve que se humilhar e se tornar servo das próprias criaturas que Ele criou! Essa é a importância que o conceito de servir tem para Deus!

“E também será como um homem que, ao sair de viagem, chamou seus servos e confiou-lhes os bens. A um deu cinco talentos, a outro dois e a outro um; a cada um de acordo com a sua capacidade. (...) Depois de muito tempo o senhor daqueles servos voltou e acertou contas com eles. O que tinha recebido cinco talentos disse: ‘O senhor me confiou cinco talentos; veja, eu ganhei mais cinco.’ O Senhor respondeu: muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco eu o colocarei sobre o muito. (...) Por fim veio o que tinha recebido um talento e disse: ‘Eu sabia que o senhor é um homem severo, que colhe onde não semeou. Por isso tive medo, saí e escondi o seu talento no chão. Veja, aqui está o que lhe pertence.’ O senhor respondeu: ‘servo mau e negligente! Você sabia que colho onde não plantei? Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de volta com juros. Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez. Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado. E lancem fora o servo inútil, nas trevas onde haverá choro e ranger de dentes.” Mateus 25:14-30

Esse é um clássico exemplo de ciúme! O servo ao qual o senhor deu apenas um talento tinha inveja do seu mestre. Entenda que o mestre não disse aos servos que eles teriam uma recompensa, simplesmente deu a cada um algum dinheiro e lhes disse para que trabalhassem em benefício do mestre, não deles próprios! Ele não prometeu nada em troca.

Provavelmente o servo mau pensasse: ‘Por que devo trabalhar duro e usar esse talento para conseguir mais dinheiro para o meu mestre? Ele já tem mais do que precisa. Eu preciso mais do que ele. Tenho direito a uma recompensa por trabalhar para ele, esse mestre deveria era me pagar mais, eu mereço mais.’ Em pouco tempo ele também pensaria: ‘Este mestre é mau. Ele colhe onde não semeou. Esse homem não trabalha, mas espera que EU o torne mais rico com o MEU trabalho.

Consegue ver como a inveja vai progredindo? Esse homem não tinha o conceito real ou o entendimento do que era ser um servo, nem mesmo estava disposto a servir a si mesmo a fim de melhorar de vida ou de obter as coisas que queria.

“Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito, e quem é desonesto no pouco, também é desonesto no muito. Assim, se vocês não forem dignos de confiança em lidar com as riquezas desse mundo ímpio, quem lhes confiará as verdadeiras riquezas? E se vocês não forem dignos de confiança em relação ao que é dos outros, quem lhes dará o que é de vocês?.” Lucas 16:10-12

Esse trecho da bíblia é o grande obstáculo para todo aquele que quer crescer e prosperar!

Muitos jamais crescem porque se recusam a ser fiéis e felizes nos dias do pouco. Em vez disso essas pessoas se tornam invejosas, porque primeiro Deus talvez queria que elas trabalhassem para os outros.

Isso vale na escola: como você quer fazer uma faculdade se nem agora que é mais fácil você se dedica? No casamento: como você quer ter um casamento abençoado se no começo com Deus você não se dedica? Como quer ter vida longa se não honra ou ajuda pai e mãe? Deus nunca irá confiar algo grande a você se você não cuida nem do que tem em casa.

“Alguns se recusam a trabalhar num trabalho secular e chamam a situação de ‘viver pela fé’.. Eu chamo de preguiça e arrogância! Será que nunca ocorreu a essa gente que Deus está querendo que elas primeiro aprendam a trabalhar sob o comando de outra pessoa? Primeiro, elas devem aprender a ser servas.”  Rebecca Brown

“O preguiçoso morre de tanto desejar e de nunca pôr as mãos no trabalho.” Provérbios 21:25

“O preguiçoso deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos.” Provérbios 3:4

“Todo trabalho árduo traz proveito, mas o só falar leva a pobreza.” Provérbios 14:23 ‘mas o só falar’ pode ser falar e não agir, ou passar horas sem foco conversando na internet.

“Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa.” Eclesiastes 11:6

“Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio! Ela não tem chefe, nem supervisor, nem governante, e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento. Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?” Provérbios 6:6-9

A grande razão da falta de prosperidade: a maioria das pessoas acham injustiça servir.. Não fazem nem o que seus superiores mandam, outros só fazem se mandarem, se os lembrarem todos os dias, e a minoria faz com todo o coração como se fosse para o Senhor sem esperar ordens.

Até mesmo o grande apóstolo Paulo trabalhava costurando enquanto exercia seu ministério. Por ser Paulo muito humilde, Deus operou milagres até mesmo através do suor de seu rosto que caia nos tecidos, e quando esses pedaços de tecidos eram estendidos sobre os doentes eles eram milagrosamente curados.

“Os apóstolos disseram ao Senhor: ‘Aumenta a nossa fé!’ (...) qual de vocês que, tendo um servo que esteja arando e cuidando das ovelhas, lhe dirá, quando ele chegar do campo: ‘Venha agora e sente-se para comer’? Ao contrário, não dirá: Prepare o meu jantar, apronte-se e sirva-me enquanto como e bebo; depois disso você pode comer e beber’? Será que ele agradecerá ao servo por ter feito o que lhe foi ordenado? Assim também vocês, quando tiverem feito tudo o que lhes for ordenado, devem dizer: ‘somos servos inúteis; apenas cumprimos o nosso dever.” Lucas 17:5-10

Poucos têm entendimento sobre o que significa ser servo, pois esperam ser recompensados por tudo o que fizerem. Ou esperam que Deus os recompense por cada coisinha que fizerem e, se Ele não o faz, ficam chateados e deixam que o relacionamento com Deus seja abalado.

O mais interessante nesse trecho sobre servidão é que Jesus a ensinou em resposta ao pedido de Seus discípulos para que aumentassem sua fé. “Fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” Hebreus 11:1  Fé é escolher aceitar como fato que Deus É. Se esperarmos que Deus sempre nos estenda a mão e nos recompense por tudo o que fazemos, então quando Ele não o fizer, ou quando permitir que coisas ruins nos aconteçam, então tropeçaremos na fé.

“Escravos, obedeçam em tudo a seus senhores terrenos, não somente para agradá-los quando eles estão observando, mas com sinceridade de coração, pelo fato de vocês temerem ao Senhor. Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança.” Colossenses 3:22-24

Se verdadeiramente entendermos o conceito de ser servo, então, antes de tudo, não esperaremos recompensa alguma, pois compreenderíamos que estamos apenas fazendo o que um servo faria. E, se não é feito "de todo o coração, como para o Senhor", desista de esperar Deus te colocar sobre o muito, porque você não estará servindo "como para o Senhor", está fazendo "de qualquer jeito", vai receber qualquer coisa, ou nada.

“E se vocês não forem dignos de confiança em relação ao que é dos outros, nunca receberão o que é de vocês.” Lucas 16:12

Se você não consegue ser fiel em servir e prosperar o que pertence a outro, então Deus nunca lhe dará o que é seu!


3 comentários:

  1. "Deus nunca irá confiar algo grande a você se você não cuida nem do que tem em casa."

    Forte isso, não é???
    Mas é bem desse jeito mesmo. O que fico mais impressionada é a forma como você coloca as coisas.
    Suas palavras fazem refletir mesmo, pq vai de encontro ao ponto de cada um.
    Eu mesma recebi uma flechada certeira em uma questão que vc citou aqui e confesso que é bem doloroso e desnortiante receber uma chacoalhada, porém, faz-se necessário ja que busco a cada dia crescimento e entendimento.
    Voce tem sido minha 'mentora', minha ajudadora.
    Para o Senhor, a importância está realmente na fidelidade.
    Somente recebe responsabilidade maior aquele que agiu com fidelidade na responsabilidade menor. Nossos talentos nos foram dados pelo Senhor. Nosso dever e privilégio é multiplicá-los em nome do Senhor.
    Dois, vinte e dois, dois mil e dois... A quantidade não interessa!!!
    O que vale é nossa atitude de fidelidade.


    "E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor." Mateus 25:21

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  2. Bela Palavra , verdadeiramente se naum formos Servos de verdade nunca conseguiremos oque deseja nossos corações temos que aprender a ser servos no pouco e o mais Deus nos dará .. Amem

    ResponderExcluir